By ESHTE: Os Primeiros Cinquenta Anos do Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães

O livro Os Primeiros Cinquenta Anos do Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães da autoria de Maria Mota Almeida, docente e investigadora da ESHTE, recentemente incorporado no nosso acervo bibliográfico é versão reduzida e simplificada da tese de doutoramento.

Versa o processo museológico da única instituição museal no concelho de Cascais até aos anos 80 do séc. XX. Tendo como base epistemológica o campo de investigação da museologia, procurou-se apreender a forma como os responsáveis desta instituição pensaram, perceberam e construíram, na sua génese, a função museológica.

A pesquisa orientou-se numa dupla vertente: por um lado, estudou-se o pensamento e a ação dos Conservadores João Couto e Branquinho da Fonseca; por outro, procedeu-se ao historial do museu, dos anos 30 aos anos 80 do século XX, o que permitiu compreender que, desde muito cedo, a função social e educativa esteve presente através de uma proposta que foi construindo ao longo de décadas.

Demonstrou-se a relevância do contributo de ambos os conservadores para a construção de uma instituição cultural mais próxima da comunidade, destacando o pioneirismo das práticas de cariz social, cultural e educativo que, posteriormente, se refletiu no desenvolvimento do seu trabalho em instituições de maior projeção: Museu Nacional de Arte Antiga e Fundação Calouste Gulbenkian, ambas em Lisboa.

O livro encontra-se disponível para consulta na Biblioteca, veja no nosso catálogo.

Acompanhe #bibliotecaeshte e conheça algumas das novas incorporações em destaque.


Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.